Brasileiro Série A

Maracanã | 10/10/2019 - 20:0

Futebol/Campeonato Brasileiro

Flamengo bate Galo e amplia vantagem na liderança do Brasileirão

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
10/10/2019 22:12:41

Em: Atlético-MG, Brasileiro Série A, Flamengo, Futebol, Notícias

O Flamengo segue na sua caminhada rumo ao título do Campeonato Brasileiro. Em partida disputada na noite desta quinta-feira, no Maracanã, a equipe rubro-negra derrotou o Atlético-MG por 3 a 1 e abriu oito pontos de vantagem sobre Santos e Palmeiras, seus perseguidores diretos.

Foi a décima vitória em 11 jogos disputados pelo time dirigido por Jorge Jesus, que chegou aos 55 pontos ganhos contra 47 pontos dos adversários mais próximos. O Galo segue com 31 pontos na 11ª colocação. Os gols foram marcados por Willian Arão, Vitinho e Reinier para a equipe da casa, enquanto Nathan descontou para a equipe mineira.

Mesmo desfalcado de titulares como Gabigol, Arrascaeta e Rodrigo Caio, a equipe da Gávea não deu a menor chance ao adversário que entrou com o objetivo de apenas se defender, mas não conseguiu segurar o ímpeto do time carioca. O Galo chegou até a empatar no início do segundo tempo em lance isolado, mas não teve condições de resistir ao melhor futebol do Flamengo.

Flamengo lidera o Campeonato Brasileiro com 55 pontos (Foto: Marcelo Cortes/CRF)

O jogo – Apoiado por grande torcida, o Flamengo começou a partida no ataque, enquanto o Atlético, armado com três zagueiros, tentava impedir a progressão da equipe carioca. Aos sete minutos, Reinier recebeu na entrada da área e bateu sem direção. No minuto seguinte, o jovem atacante recebeu de Bruno Henrique e chutou contra um adversário. Os jogadores rubro-negros pediram a marcação de pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Só aos 20 minutos é que a equipe mineira chegou com perigo em cruzamento fechado de Fábio Santos que quase surpreendeu o goleiro Diego Alves. O Flamengo respondeu dois minutos depois com boa jogada de Rafinha pela direita. O lateral cruzou e provocou grande confusão na defesa do Galo, mas ninguém conseguiu concluir para o gol.

O Flamengo seguia controlando as ações e, aos 33 minutos, foi a vez de Everton Ribeiro invadir a área e concluir, mas a bola saiu. Aos 36 minutos, a pressão deu resultado. Após cobrança de escanteio, Willian Arão se antecipou aos zagueiros e cabeceou para marcar.

Na segunda etapa, o Atlético-MG voltou com Marquinhos na vaga de Ricardo Oliveira. E logo aos cinco minutos, o Galo empatou. Após falha de Gerson na saída de jogo, Nathan recebeu ótimo passe de Vinicius, se livrou do goleiro Diego Alves e tocou para as redes, deixando tudo igual no Maracanã.

Mesmo sem repetir a atuação da etapa inicial, o Flamengo marcou o segundo gol aos 16 minutos. Vitinho recebeu de Pablo Mari, se livrou de Igor Rabello e bateu no canto, sem chances para Wilson.

Aos 26, o goleiro Wilson evitou o terceiro gol ao defender um chute forte de Bruno Henrique, mas aos 30 minutos, não teve jeito. Reinier marcou o terceiro gol do Flamengo. Patrick e Maidana cometeram erros bisonhos dentro da área e a bola sobrou para Vitinho que lançou Reinier. O garoto dominou e bateu sem chances para o goleiro atleticano.

Nos minutos finais, o Flamengo apenas tocou a bola para gastar o tempo, enquanto a torcida gritava olé a cada toque, festejando mais uma vitória que colocou a equipe rubro-negra mais bem perto do título nacional.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-RJ 3 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de outubro de 2019 (Quinta-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Público: 63.385 presentes
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO)
VAR: Wagner Reway(Fifa-MT)
Cartão Amarelo: Maidana, Fábio Santos(AM)
Gols:
FLAMENGO: Willian Arão, aos 36 minutos do primeiro tempo; Vitinho, aos 16 e Reinier aos 30 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Rhodolfo, Pablo Marí e Renê; Willian Arão, Gerson, Reinier(Vinicius) e Everton Ribeiro; Vitinho(Lucas Silva) e Bruno Henrique
Técnico: Jorge Jesus

ATLÉTICO-MG: Wilson, Igor Rabello, Léo Silva e Maidana; Patric, Elias(Bruninho), Nathan, Cazares(Di Santo) e e Fábio Santos; Vinicius e Ricardo Oliveira(Marquinhos)
Técnico: Rodrigo Santana




  • Giulliano Lorraine

    Difícilmente o cheirinho perderá o título. O melhor clube do país atualmente. Fez excelentes contratações. Já meu verdão, gastou a mesma coisa só com perebas, para emprestar vários a outros clubes. Fora os jogadores bichados da China. Mattos só pode ter faturado muito com esses perebas. Fora do Palmeiras. O time não está jogando bem. O treinador não consegue fazer esse time jogar!

Escalação
Flamengo

Rafinha


Rhodolfo


Éverton Ribeiro


Diego Alves


Vitinho


Willian Arão


Renê


Gerson


Bruno Henrique


Reinier Jesus


Pablo Marí


Tec - Jorge Jesus
Atlético-MG

Wilson


Fábio Santos


Leonardo Silva


Ricardo Oliveira


Patric


Vinícius


Elias


Juan Cazares


Iago Maidana


Igor Rabello


Nathan Allan


Rodrigo Santana - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores