Gazeta Esportiva

Cusparadas de torcedores do Galo em Tite geram multa ao clube mineiro

São Paulo, SP

14/11/15 | 15:49

Na última partida entre Atlético-MG e Corinthians, no dia 1º de novembro no Independência, diversos torcedores do Galo dispararam cuspes na direção do técnico Tite. Após relato na súmula, os mineiros foram punidos em R$ 35 mil, mas não perderão mandos de campo. O clube ainda pode recorrer.

Durante o primeiro tempo do jogo, o comandante corintiano viu-se obrigado a colocar um agasalho com capuz para se proteger. As cusparadas só cessaram após o técnico do Atlético-MG, Levir Culpi, ir até a área técnica adversário e dirigir-se diretamente à torcida.

O julgamento, realizado pelo STJD, foi pautado na súmula do árbitro Héber Roberto Lopes. Uma parte do relato foi divulgada.

“Aos 15 minutos de jogo foi solicitado ao policiamento dentro do estádio que reforçasse o contingente de policiais atrás do banco de suplentes da equipe do Corinthians em virtude dos torcedores do Atlético/MG, localizados atrás deste banco, estarem cuspindo no treinador do Corinthians”.

Como não existe uma maneira preventiva de agir contra esta ação, o Galo não foi punido com mandos de campo, que poderiam chegar a dez. O próximo jogo dos mineiros será contra o São Paulo, no Morumbi, dia 19/11.

 

Tite precisou de agasalho com capuz para se proteger de cusparadas (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
Tite precisou de agasalho com capuz para se proteger de cusparadas no Independência (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Deixe seu comentário