Brasileiro Série A

Beira Rio | 2/6/2019 - 19:0

Futebol/Campeonato Brasileiro

Com mais um de Guerrero, Inter bate o Avaí e mantém invencibilidade

São Paulo , SP
02/06/2019 20:57:00 — 02/06/2019 21:18:57

Em: Avaí, Brasileiro Série A, Internacional, Notícias

O Internacional manteve o bom momento na temporada na tarde deste domingo. Recebendo o Avaí no Beira-Rio pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe de Odair Hellmann sofreu no primeiro tempo, mas contou com a estrela de Guerrero para abrir o placar no segundo tempo e transformar a partida complicada em uma boa vitória por 2 a 0. Edenílson marcou o segundo dos gaúchos.

Em mais uma boa atuação, Guerrero chega a marca de quatro gols nas ultimas quatro partidas. Ao todo, o peruano balançou as redes em nove dos 13 jogos com a camisa do Inter, alcançando uma média de quase 0,70 tento por partida. O atacante, inclusive, já havia garantido a vitória gaúcha no meio de semana sobre o Paysandu e agora se apresenta à seleção para a disputa da Copa América.

Com o resultado, o Internacional chegou ao sétimo jogo sem derrota somando todas as competições que disputa, vai aos 13 pontos no Brasileiro e assume a quinta colocação. O Avaí, por sua vez, segue sem vencer na competição, estaciona nos três pontos e continua na zona de rebaixamento ao ocupar a 19ª e penúltima posição.

O Internacional volta aos gramados pela competição nesta sexta-feira, quando vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Vasco, em São Januário, às 20h30 (de Brasília). No dia seguinte, o Avaí recebe na Ressacada, em Santa Catarina, o São Paulo, às 21 horas.

Internacional sofre, mas tem a melhor chance da primeira etapa

O Avaí adotou como postura para a partida esperar o Internacional no campo de defesa e sair no contra-ataque quando houvesse possibilidade. Sem ter a estratégia neutralizada, os catarinenses finalizaram três vezes antes dos 15 minutos. Na principal delas, Matheus Matias recebeu livre na intermediária e arriscou, tirando tinta da trave.

Apesar de dominar a posse de bola amplamente, chegando a alcançar os 70% na estatística, a equipe de Odair Hellmann sofria para criar diante de um Avaí bem postado defensivamente. Para piorar a construção dos mandantes, D’Alessandro fazia partida apagada, assim como Nonato e Nico López, responsáveis por servir Guerrero no comando de ataque.

Com o trio de meio-campistas sofrendo para criar as tramas, coube a Guerrero fazer esse papel. O peruano recebeu entre a linha de volantes e a zaga do Avaí, e deu uma cavadinha magistral para Nico López. O uruguaio saiu na cara do gol e bateu rasteiro, mas viu o goleiro Vladimir fazer a intervenção com os pés.

Guerrero abre caminho e Edenílson fecha vitória do Inter

Após um primeiro tempo de pouca inspiração, o Colorado voltou disposto a mudar a história da partida na etapa final. Melhor na troca de passes, a equipe assustou o adversário logo no começo, quando Guerrero acionou Nico López. Em impedimento, assinalado pelo árbitro posteriormente, o atacante finalizou cruzado para ótima defesa de Vladimir. Mais tarde, foi a vez de D’Alessandro parar no goleiro em cobrança de falta.

De tanto martelar, os gaúchos contaram com o faro de gol de Guerrero para inaugurar o placar. Em cobrança de escanteio, Emerson Santos desviou na primeira trave, o peruano venceu disputa de corpo com Betão e chutou forte de perna esquerda. A bola bateu na trave antes de morrer nas redes.

Depois de sair atrás, o Avaí se lançou ao ataque, e o Internacional sobre se aproveitar disso. Em contra-ataque fulminante, Guerrero encontrou D’Alessandro, que deu passe açucarado para Sarrafiore acionar Edenílson. O meia passou como quis pela marcação e bateu na saída de Vladimir para decretar o 2 a 0.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2X0 AVAÍ

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS
Data: 02 de junho (domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
VAR: Marcelo de Lima Henrique (RJ) auxiliado por João Batista de Arruda (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ).
Cartão amarelo: não teve
Gols:
INTERNACIONAL: Guerrero aos 19 e Edenílson aos 31 minutos do 2ºT.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca (Sarrafiore), Emerson Santos, Victor Cuesta e Uendel, Rodrigo Lindoso, Edenílson, Nonato (Bruno) e D´Alessandro; Nico López (Guilherme Parede) e Paolo Guerrero.
Técnico: Odair Hellmann

AVAÍ: Vladimir, Lourenço, Betão, Ricardo e Igor Fernandes, Pedro Castro, Matheus Barbosa (Douglas), Gegê (Getúlio) e João Paulo, Caio Paulista e Matheus Mathias (Daniel Amorim).
Técnico: Geninho

Ads – Rodapé Posts




Escalação
Internacional

Marcelo Lomba


Zeca


Víctor Cuesta


Emerson Santos


Uendel


Rodrigo Lindoso


Edenilson


Gustavo Nonato


D'Alessandro


Nico López


Paolo Guerrero


Sarrafiore


Guilherme Parede


Bruno


Tec - Odair Hellmann
Avaí

Vladimir


Ricardo Thalheimer


Betão


Igor


Pedro Castro


Matheus Barbosa


Gegê


João Paulo


Caio Paulista


Matheus Matias


Lourenço


Daniel Amorim


Getúlio


Douglas


Geninho - Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores