Vencedor do Puskas, Wendell Lira troca os gramados pelo videogame

São Paulo, SP

28-07-2016 13:41:25

O atacante Wendell Lira, autor de uma verdadeira pintura no Campeonato Goiano do ano passado, viu sua vida mudar quando recebeu o Prêmio FIFA Puskas 2015. Entretanto, desiludido com o futuro no esporte, decidiu pendurar as chuteiras e seguir outro sonho, desta vez no mundo virtual. Nesta quinta-feira, em coletiva no Beira-Rio, o atleta de 27 anos anunciou oficialmente sua aposentadoria dos gramados.

“Meu maior sonho como atleta era o de marcar meu nome na história do futebol e graças a Deus eu consegui. De uns meses para cá, eu não via mais perspectiva de futuro dentro do esporte. Quando recebi a proposta para criar um canal no YouTube, fiquei animado. Seria positivo para mim financeiramente e pessoalmente porque sempre fui apaixonado por vídeo game”, explicou Lira.

O ex-atacante continuará marcando belos gols – talvez o mais belo –, mas, agora, por meio de controles, consoles e telas. Além de lançar o canal de games na internet, irá se dedicar à carreira de jogador profissional de videogame.

“Estou com a marca WLPSKS e esse será o meu canal. Farei gameplay e entrevistas com jogadores de futebol e de videogame. Também seguirei disputando campeonatos, como a classificatória online para o Mundial do fim do ano”, contou a respeito de seus planos.

O ex-jogador explicou que teve a carreira prejudicada por diversas lesões. Este, inclusive, é um dos motivos para sua decisão. "Todos os momentos da minha carreira como jogador foram especiais. Até as lesões que tive serviram para eu evoluir como pessoa. Sou o que sou hoje graças ao futebol. Fiz grandes amizades, como o Fernandão e o Iraley e hoje posso ter orgulho por tudo que fiz", reconheceu Wendell.

Os desafios de Lira, agora, seguem rumos para além do campo de futebol. O conto de fadas, no entanto, ainda não acabou: na Festa de Gala da Fifa, em Zurique, após a premiação, o goiano desafiou Abdulaziz Alshehri, o campeão mundial de "Fifa", para um duelo. Com uma empolgante vitória por 6 a 1 sobre o melhor do mundo, o brasileiro provou que é digno de troféus também sem uma bola no pé.

 

Deixe seu comentário