Torcedor que beijou repórter sem consentimento é denunciado por importunação pelo MPRJ

São Paulo, SP

22/09/22 | 22:12

Nesta quinta-feira, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), denunciou Marcelo Benevides, torcedor que acariciou e beijou a repórter Jéssica Dias sem consentimento durante transmissão ao vivo. A denúncia foi feito por meio do Grupo Temático Temporário do Desporto (GTT-Desporto/MPRJ).

O caso ocorreu no entorno do Maracanã, no dia 7 de setembro, antes da partida de volta entre Flamengo e Vélez Sarsfield, pela semifinal da Libertadores.

A denúncia

Na denúncia, oferecida pela promotora de Justiça Glícia Pessanha Carvalho Viana, integrante do GTT-Desporto, é relatado que a jornalista se preparava para entrar ao vivo na televisão, quando Marcelo Benevides gritou e proferiu ofensas em sua direção.

Ainda segundo a denúncia, a jornalista solicitou que ele se acalmasse e, então, Marcelo se aproximou e pediu desculpas. Na sequência, ele colocou a mão em seu ombro, a deslizou até o braço e deu um beijo no ombro da vítima, que se esquivou.

Jéssica iniciou a reportagem ao vivo e, enquanto falava com a apresentadora do programa, Marcelo Benevides beijou-a no rosto, contra a sua vontade.

Após a reportagem, o torcedor tentou fugir, mas foi alcançado pelo câmera e pelo assistente de câmera, que o detiveram até a chegada da polícia.

Veredito

Diante da denúncia apresentada, o MPRJ denunciou Marcelo Benevides, que responderá pelo crime de importunação sexual (artigo 215-A do Código Penal). O crime prevê reclusão, de um a cinco anos como punição, caso o ato não constitua crime mais grave.

Deixe seu comentário