Gazeta Esportiva

Jogadores apoiam causa da Fenapaf contra mudanças na Lei Pelé

São Paulo, SP

15/05/17 | 15:57

Aproximadamente 90% dos atletas da série A e B do Campeonato Brasileiro usaram, na primeira rodada do torneio nacional, uma faixa de apoio à Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf) contra possíveis mudanças relacionadas à Lei Pelé.

“O que vimos nessa primeira rodada do Brasileiro foi uma categoria unida, consciente dos seus direitos. Vamos manter os jogadores mobilizados para que as mudanças que são prejudiciais à classe não sejam aprovadas”, afirmou o presidente da Fenapaf, Felipe Augusto Leite.

Jogadores da série A e B usaram faixa em apoio à Fenapaf (Foto: Fernando Dantas/Palmeiras)

Os protestos em apoio à Fenapaf acontecem contra o projeto da Lei Geral do Futebol, que tramita na Câmara Federal, e da Lei Geral do Desporto, no Senado. Ambos propõem que os jogadores demitidos sem justa causa tenham direito a receber apenas 10% do restante de seu contrato, ao invés dos 100% de atualmente.

Outra mudança proposta pelos projetos de lei é a de que as férias de 30 dias dos atletas passem a ser concedidas em qualquer período do ano divididas em dois períodos, um de dez dias, outro de vinte, sem necessariamente coincidir com o fim do Campeonato Brasileiro. O repouso semanal remunerado, de um dia, também seria dividido em dois períodos de doze horas.

Por fim, os projetos também propõem o fim do “direito de arena”, no qual os jogadores recebem um percentual sobre os contratos de transmissão dos jogos pela televisão.

Deixe seu comentário