Gazeta Esportiva

George Hilton troca de partido e volta a ser ministro do Esporte

São Paulo, SP

Publicação 18/03/16 | 22:17 - Atualização 18/03/16 | 22:29

(Foto:
Hilton deixou PRB,  filiou-se ao PROS e continuará no cargo ministerial (Foto: Ivo Lima/ME)

George Hilton não deixará o cargo de ministro do Esporte do Governo Dilma Rousseff, como havia sido divulgado na última quarta-feira após seu partido, o PRB, deixar a base aliada. Nesta sexta-feira, o ministro confirmou a filiação a um novo partido, o PROS e, com isso, seguirá no cargo.

"A partir da data de hoje (sexta-feira), comunico aos brasileiros e, em especial ao bravo povo de Minas Gerais, a quem muito orgulhosamente represento no Congresso Nacional, que não faço mais parte do Partido Republicano Brasileiro", disse Hilton em nota.

O ministro se referiu aos “dias sombrios” vividos pela política brasileira como motivo para a manobra para permanecer no Governo. "Entendo que tal missão, nesses dias sombrios, implica em apoiar o governo da presidenta Dilma Rousseff, eleito pela maioria do povo brasileiro, numa disputa limpa e regular. Assim, após um diálogo franco e de um convite que muito me honrou, filiei-me ao Partido Republicano da Ordem Social", explicou.

Deputado federal licenciado em terceiro mandato por Minas Gerais, George Hilton chegou ao Ministério do Esporte no final de 2014, visando a organização dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Além de político, Hilton é radialista e teólogo.

Confira, na íntegra, a nota emitida por George Hilton nesta sexta:

"A partir da data de hoje, comunico aos brasileiros e, em especial ao bravo povo de Minas Gerais, a quem muito orgulhosamente represento no Congresso Nacional, que não faço mais parte do Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Me desfilio por entender que, neste momento, nós, homens e mulheres que atuam na vida pública, devemos nos empenhar no sentido de desfazer conflitos, evitar injustiças e trabalhar com afinco pela normalidade democrática e pela solidez das instituições nacionais.

Entendo que tal missão, nesses dias sombrios, implica em apoiar o governo da presidenta Dilma Rousseff, eleito pela maioria do povo brasileiro numa disputa limpa e regular.

Assim, após um diálogo franco e de um convite que muito me honrou, filiei-me ao Partido Republicano da Ordem Social (PROS).

Atuarei com toda a minha capacidade e com todas as minhas forças para que o Brasil retome o caminho da

serenidade, da paz e do desenvolvimento.

George Hilton
Deputado federal licenciado
Ministro de Estado do Esporte'

Deixe seu comentário