Assessoria de Neymar rebate acusação de assédio e diz que jogador se defenderá 'vigorosamente'

São Paulo, SP

28-05-2021 11:12:51

A assessoria de imprensa de Neymar se manifestou sobre a acusação de assédio sexual envolvendo o jogador, que veio à tona na última quinta-feira.

Segundo uma reportagem do jornal estadunidense Wall Street Journal , uma funcionária da Nike relatou a colegas que, em 2016, o atleta tentou forçá-la a fazer sexo oral em um hotel em Nova York. A acusação, inclusive, teria sido o motivo do rompimento do vínculo entre o brasileiro e a empresa fornecedora de materiais esportivos.

Para a assessoria de Neymar, as alegações se assemelham com o caso de Najila Trindade, que havia o acusado de estupro em 2019. Nesta ocasião, o atacante do PSG foi julgado como inocente.

"Neymar Jr. nega estas alegações. Semelhante às alegações de violência sexual feitas contra ele em 2019 – alegações que as autoridades brasileiras julgaram Neymar Jr. como inocente – estas alegações são falsas. Neymar Jr. vigorosamente se defenderá contra estes ataques sem base, caso qualquer alegação seja apresentada, o que não aconteceu até então", escreveu a assessoria à Gazeta Esportiva.

"Neymar Jr. e a Nike terminaram sua relação por razões comerciais, que têm sido discutidas desde 2019, não relacionando nada a estes fatos reportados. É bem estranho um caso que supostamente aconteceu em 2016, com alegações feitas por uma funcionária da Nike, aparecerem apenas neste momento", completou.

No momento, Neymar integra o grupo da Seleção Brasileira, que se prepara para jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo contra Equador e Paraguai.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário