Conteúdo promovido por oddsscanner

cruz

É do Brasil? Betfair aponta equipe favorita para vencer a Copa América Feminina

A Copa América Feminina é a competição de seleções mais importante do continente sul-americano. A competição foi criada pela Conmebol, em 1991. Desde então, a seleção brasileira perdeu somente um título.

E, de acordo com uma das principais casas de apostas, a tendência é que o Brasil mantenha a sua hegemonia e conquiste o octacampeonato sul-americano em 2022. As jogadoras, lideras pela técnica sueca Pia Sundhage, tem a maior probabilidade de levantarem a taça.

Brasil favorito ao título da Copa América Feminina 

A Betfair já aponta os grandes favoritos a vencerem a Copa América Feminina de 2022, que está em disputa na Colômbia. De acordo com essa casa de apostas, o Brasil é, disparado, o grande favorito ao título, após disputa das cinco primeiras rodadas da fase de grupos.

Dez seleções foram divididas em dois grupos de cinco. As duas primeira colocadas de cada grupo avançam às semifinais, após a disputa de cinco rodadas. Nesse momento (19/7), os confrontos na próxima etapa seriam: Brasil x Paraguai e Argentina x Colômbia.

Ao final da competição, as três melhores seleções do torneio se classificam diretamente à Copa do Mundo Feminina da FIFA. A quarta e a quinta colocadas disputam as repescagens internacionais. Já as duas melhores seleções do torneio se classificam para as Olimpíadas.

A grande decisão da Copa América Feminina 2022 está marcada para 30 de julho.

Odds do título na Betfair

Confira na tabela abaixo, dentre as seleções que ainda não foram eliminadas, quais são as chances (odds) de cada uma delas para conquistarem o título continental.

Posição

Seleção

Odd

1 Brasil 1.08
2 Colômbia 9.00
3 Argentina 15.00
4 Chile 81.00
5 Paraguai 101.00
6 Venezuela 201.00
7 Equador 501.00

A campanha do Brasil

Veja na lista abaixo o calendário do Brasil na Copa América Feminina 2022, caso a nossa seleção alcance a grande final.

  • Brasil 4×0 Argentina, em 9/7 (fase de grupos);
  • Brasil 3×0 Uruguai, em 12/7 (fase de grupos);
  • Brasil 4×0 Venezuela, em 18/7 (fase de grupos);
  • Brasil x Peru, em 21/7 (fase de grupos);
  • Semifinal (26/7);
  • Final (30/7).

Sobre os torneios de seleções femininas 

De toda as edições da Copa América Feminina até aqui, desde 1991, o Brasil perdeu somente em 2006, para a Argentina. Os sete títulos da seleção canarinho vieram em 1991, 1995, 1998, 2003, 2010, 2014 e 2018.

Apesar do sucesso continental, a seleção brasileira feminina ainda não conseguiu conquistar os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo, os torneios mais importantes da modalidade. O Brasil foi duas vezes segundo colocado nas Olimpíadas (2004 e 2008) e uma vez no Mundial (2007).

rafael dornas
Rafael Dornas
Jornalista esportivo com muita experiência em futebol nacional e internacional, conhece como poucos o mundo das apostas esportivas e busca sempre informações exclusivas para os leitores.