Conteúdo promovido por oddsscanner

cruz

Apenas 5 vencedores do 1º Turno não levaram o título do Brasileirão: confira todos!

O Campeonato Brasileiro é disputado no sistema de pontos corridos desde 2003. Uma curiosidade interessante é que as equipes que conquistam o primeiro turno e levam o título simbólico, costumam confirmar a boa fase no segundo, ficando com o título geral.

Portanto, apesar de ser algo simbólico, ficar na ponta da tabela após a largada inicial é fundamental, terminando em título do Brasileirão na maioria das vezes, mas existem as exceções. Em cinco oportunidades, equipes que venceram o primeiro turno não conseguiram confirmar o título, decepcionando o seu torcedor.

Na edição atual, em 2022, o Palmeiras foi o vencedor após as primeiras 19 rodadas. Agora, resta saber se o Verdão irá manter o embalo e confirmar mais uma conquista, como já fez em uma oportunidade, ou se entrará para a lista das equipes que não conseguiram manter o título após levar o primeiro turno.

Dobradinha no Brasileirão

Em 19 anos, apenas em cinco oportunidades os vencedores do primeiro turno não levaram. Portanto, isso significa que em 14 vezes a dobradinha no Campeonato Brasileiro teve êxito, com equipes vencendo o primeiro turno e a competição no geral.

Vale ressaltar que em 2003 e 2004 eram 24 clubes na disputa, totalizando 46 rodadas. Já em 2005 foram 22 equipes, com 42 rodadas. Nas três edições, os campeões do primeiro turno ficaram com o título no final, sendo o Cruzeiro (100 pontos no geral); Santos (89 pontos); Corinthians (81 pontos).

A partir de 2006, o sistema atual com 20 clubes e 38 rodadas foi adotado, seguindo até hoje. Confira a situação desde então e quem realizou o feito da dobradinha, além dos três já citados.

  • 2006 – São Paulo campeão do 1º turno com 38 pontos, 4 de vantagem, e geral com 78 pontos;
  • 2007 – São Paulo campeão do 1º turno com 39 pontos, 7 de vantagem, e geral com 77 pontos;
  • 2010 – Fluminense campeão do 1º turno com 38 pontos, 1 de vantagem, e geral com 71 pontos;
  • 2011 – Corinthians campeão do 1º turno com 37 pontos, 1 de vantagem, e geral com 71 pontos;
  • 2013 – Cruzeiro campeão do 1º turno com 40 pontos, 4 de vantagem, e geral com 76 pontos;
  • 2014 – Cruzeiro campeão do 1º turno com 43 pontos, 7 de vantagem, e geral com 80 pontos;
  • 2015 – Corinthians campeão do 1º turno com 40 pontos, 4 de vantagem, e geral com 81 pontos;
  • 2016 – Palmeiras campeão do 1º turno com 36 pontos, 1 de vantagem, e geral com 80 pontos;
  • 2017 – Corinthians campeão do 1º turno com 47 pontos, 8 de vantagem, e geral com 72 pontos;
  • 2019 – Flamengo campeão do 1º turno com 42 pontos, 3 de vantagem, e geral com 90 pontos;
  • 2021 – Atlético Mineiro campeão do 1º turno com 42 pontos, 4 de vantagem, e geral com 84 pontos.

Portanto, quem mais conseguiu o feito da dobradinha foi o Corinthians, vencendo em quatro oportunidades. Com três, o Cruzeiro, e com duas conquistas temos o São Paulo, além de Santos, Palmeiras, Fluminense, Flamengo e Atlético Mineiro fechando a lista.

Campeões apenas no primeiro turno

Em cinco oportunidades o vencedor simbólico do primeiro turno não conseguiu o feito de ser campeão no final da competição. Relembre cada caso!

2008 – Imortal não manteve boa vantagem

No ano de 2008 o Grêmio foi o campeão do primeiro turno, totalizando 41 pontos. Com isso, o Tricolor Gaúcho tinha oito pontos de vantagem para o São Paulo, que foi o campeão final e era apenas o 4º colocado na virada de turno. O Imortal terminou na segunda posição com 72 pontos, três atrás dos líderes.

2009 – Inter não resiste a arrancada do Flamengo

Em 2009 foi a vez do Internacional não manter a escrita. Após o título simbólico do primeiro turno, com 37 pontos, a equipe viu o Flamengo, que virou em 10º com 10 pontos de distância, ser o campeão. O Colorado terminou em segundo lugar com 65 pontos, dois a menos.

2012 – Atlético Mineiro de Ronaldinho não ficou com o título

O Atlético Mineiro de Ronaldinho Gaúcho foi o campeão do primeiro turno em 2012 com 43 pontos. Porém, a competição era acirrada, e o Fluminense de Fred, que virou em segundo com apenas um de distância foi o campeão. O Galo ficou em segundo lugar com 72 pontos, cinco do Tricolor.

2018 – São Paulo foi da liderança para o quinto lugar

O São Paulo virou o primeiro turno de 2018 com 41 pontos e jogando um bom futebol. Porém, no segundo turno não manteve o embalo e viu o seu rival, Palmeiras, tirar os oito pontos de vantagem. Detalhe que o Verdão era apenas o 6º após a virada de turno. O Tricolor terminou apenas em 5º com 63 pontos, 17 a menos que os campeões.

2020 – Tricolor repete o feito

O São Paulo de Fernando Diniz e Daniel Alves terminou o primeiro turno na liderança com 37 pontos em 2020. Porém, mais uma vez o Tricolor não manteve o nível e o treinador sequer terminou no comando. O campeão foi o Flamengo, que virou o turno em 3º, mas colado no líder, com apenas dois pontos atrás. O São Paulo foi apenas o 4º na classificação final com 66 pontos, cinco atrás do Mengão.

Palmeiras campeão simbólico em 2022: quem pode ameaçar o Verdão?

Como podemos observar, apesar do primeiro turno ser um título simbólico, a conquista dele mostra que o clube está no caminho certo para ser o campeão final, apesar de não garantir nada.

Em 2016 o Palmeiras fez a dobradinha, com o primeiro turno e conquista geral. Agora, o Verdão busca fazer o mesmo em 2022, mantendo o 100% nessas condições, mas a concorrência promete ser pesada contra o time de Abel Ferreira.

Após a disputa das primeiras 19 rodadas, o G7 terminou assim:

  • 1º – Palmeiras | 39 pontos
  • 2° – Corinthians | 35
  • 3º – Fluminense | 34
  • 4° – Atlético-MG | 32
  • 5º – Athletico-PR | 31
  • 6° – Flamengo | 30
  • 7º – Internacional | 30

Portanto, o Palmeiras é o favorito, afinal, tem uma boa equipe e uma pequena vantagem. Porém, não existe espaço para relaxar, muito pelo contrário. O Corinthians, maior rival, promete brigar ponto a ponto, mas o Timão ainda não conseguiu manter uma sequência de boas apresentações, apesar de vir obtendo bons resultados.

Em terceiro, o Fluminense de Fernando Diniz mostra em campo um dos melhores futebol na atualidade, mas o elenco curto pode ser um fator negativo. O Athletico Paranaense de Felipão é outra boa equipe, porém, focado 100% nas Copas, deve jogar com força reduzia em diversos jogos na liga.

Atlético Mineiro e Flamengo, 4º e 6º na virada de turno, aparecem como as maiores ameaças pensando lá na frente, já que são equipes que contam com elencos recheados de estrelas. Além disso, os dois aproveitaram bem a janela de transferências, com reforços como Vidal e Alan Kardec, por exemplo.

Por fim, o 7º colocado, Internacional, ainda é uma incógnita. O Colorado de Mano Menezes alterna entre altos e baixos, fator que complica muito para pensar em título do Brasileirão. O time tem ainda a Copa Sul-Americana pelo caminho, competição que deve ter mais atenção pela chance maior de título.

Favoritos para as casas de apostas

O Campeonato Brasileiro é uma competição que movimenta as casas de apostas. Nelas, é possível conferir quem são os favoritos para o título e já realizar entradas, buscando aproveitar os valores das cotações.

Como já era esperado, o favorito para o título do Brasileirão é o campeão do primeiro turno. Portanto, o Palmeiras oferece cotação @1.33 nas casas de apostas. a equipe que mais se aproxima do Verdão é o Atlético Mineiro com odds @9.00. Fechando o top 3 temos o Flamengo, com cotação @10.00.

O Fluminense vem logo atrás, com cotação @11.00. Comandado por Vitor Pereira, o Corinthians é o 5º com odds @17.00. Bem distante, aparece o Internacional, com cotações @41.00, além de Athletico Paranaense e até mesmo o Red Bull Bragantino, os dois com @51.00.

Isso significa que apostando R$ 100,00 no título do Brasileirão para o Palmeiras, o possível retorno bruto é de R$ 133,00. Já com o mesmo valor no Atlético Mineiro, o bruto é de R$ 900,00, enquanto no Flamengo R$ 1.000,00.

(Fonte: https://www.bet365.com/?cb=1058121705547511577#/AC/B1/C172/D1/E71840821/F2/)

Como apostar?

Para apostar é muito simples. Basta ser maior de idade e ter uma conta em uma casa de apostas. Caso não tenha, é só escolher entre as diversas opções de empresas e criar o seu cadastro.

O próximo passo é colocar saldo, com opções que variam de cada casa de apostas, mas costumam oferecer Pix, cartões, boletos e muito mais. Com a carteira virtual cheia, basta escolher as suas entradas e, com muita responsabilidade, confirmar as apostas.

wesley contiero
Wesley Contiero