Sampaoli cita dificuldade no Santos com torcedores que “festejam chutão”

Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
22/04/2019 11:29:56 — 22/04/2019 11:37:50

Em: Futebol, Notícias, Santos


O técnico Jorge Sampaoli citou uma de suas dificuldades no comando do Santos durante evento da CBF nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro.

O argentino comentou sobre os torcedores que não toleram um passe para trás e comemoram quando a bola vai para fora do estádio.

“O que mais me custou treinar é a zona de conforto. Jogador acelera porque o público acelera, o obriga a sair do conforto, não tolera um passe atrás e festeja um chutão para fora do estádio. Por isso o criativo não aparece, oprimido pelo contexto social”, disse Sampaoli.

“Obrigam a ir para o chão, a marcar mais do que atacar, por isso equiparam com a força. Venezuela hoje disputa com Brasil e Argentina. Nós caímos por essa obrigatoriedade e eles logram onde parecia impossível”, completou.

Sem citar o nome, Sampaoli falou sobre um atleta do Peixe “perseguido” pela torcida.

“Na primeira bola que perdeu, foi criticado e teve de sair em meio-tempo. Torcida não gosta. Para recuperar essa dor de não protagonizar, custa sair do clube. Não há paciência, tudo a curto prazo”, concluiu.

O evento contou com a presença de Tite, da seleção brasileira, e Fernando Diniz, do Fluminense. Depois de palestras individuais, os técnicos responderam a perguntas.