Vôlei/Superliga feminina

Osasco domina Flu e se garante nas semis; Rio também avança

São Paulo, SP
20/03/2017 20:25:18 — 20/03/2017 23:00:59

Em: Mais Esportes, Vôlei
Osasco segue em busca de seu sexto título de Superliga (Foto: João Neto/Fotojump)
Osasco segue em busca de seu sexto título de Superliga (Foto: João Neto/Fotojump)

O Osasco está mais uma vez nas semifinais da Superliga feminina de vôlei. Nesta segunda-feira, a equipe paulista visitou o Fluminense, no Ginásio Hebraica, no segundo jogo do confronto das quartas de final, e não teve dificuldades para garantir a vitória e a classificação ao vencer por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/14 e 25/13.

Com o triunfo, o Osasco garantiu classificação antecipada no confronto, já que havia vencido também o primeiro jogo da série melhor de três por 3 sets a 0, na última quinta-feira, no Ginásio José Liberatti.

Com a classificação, o Osasco agora espera para conhecer seu adversário nas semifinais, que sairá do enfrentamento entre Praia Clube e Brasília. A equipe paulista, que não é campeã da Superliga feminina desde a temporada 2011/12, busca seu sexto título na história da competição.

O primeiro set de partida contou com muito equilíbrio. Trocando pontos, as equipes se mantiveram próximas no placar na primeira parte da disputa, com a maior vantagem sendo do Osasco por apenas quatro pontos, quando o set estava em 14 a 10. Na parte final, porém, a equipe paulista conseguiu abrir vantagem e se aproveitou do brilho de Bia e de um ace de Bjelica na última pontuação para fechar a parcial em 25/20.

Ao contrário do anterior, o segundo set teve início com domínio do Osasco, que foi bem em seus ataques para abrir 14 a 6 na metade da disputa. Com isso, a equipe paulista não teve dificuldades para construir sua vantagem e contou com boa atuação nos bloqueios e ataques para fechar a parcial em 25/14.

O Osasco manteve o mesmo ritmo e iniciou o terceiro set abrindo cada vez mais vantagem. Mesmo antes da parte decisiva da disputa, o time já vencia por 16 a 6. Com a situação totalmente favorável, a equipe paulista se beneficiou do desespero adversário e fechou a vitória sem grandes dificuldades, confirmando a classificação na última parcial com vantagem de 25/13.

Rio de Janeiro vence e também avança – Outra equipe de grande tradição da Superliga feminina, o Rio de Janeiro também se garantiu nas semifinais. A equipe carioca recebeu o Pinheiros, no segundo jogo das quartas de final, e não teve dificuldades para garantir a vaga ao vencer por 3 sets a 0, com parciais de 25/13, 25/20 e 25/22.

O Rio de Janeiro começou a construir sua vitória de forma tranquila e se aproveitou de uma boa sequência de bloqueios para fechar o primeiro set em 25/13. Na segunda parcial, a equipe carioca teve um pouco mais de dificuldade, mas finalizou em 25/20.

A parcial mais complicada foi a terceira, em que o Pinheiros teve a liderança na maior parte do tempo. No entanto, o Rio de Janeiro foi valente e conseguiu a virada para fechar o terceiro set em 25/22 e garantir a vitória.

Com a classificação garantida, a equipe carioca espera o vencedor do confronto entre Minas e Bauru para saber quem será seu adversário nas semifinais. Maior campeão da Superliga feminina, o Rio de Janeiro, que defende um tetracampeonato consecutivo, luta pelo seu 12º título na história da competição.