Mattos recebe reforços e fala em preocupação com futuro

Bruno Ceccon - São Paulo, SP
19/05/2017 15:15:06 — 19/05/2017 15:19:44

Em: Futebol, Mercado, Palmeiras
Diretor de futebol Alexandre Mattos entre Juninho (e) e Mayke (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O diretor de futebol Alexandre Mattos foi o responsável por apresentar o lateral direito Mayke e o zagueiro Juninho como reforços do Palmeiras durante a tarde desta sexta-feira. Ao receber a jovem dupla, o dirigente falou na intenção de planejar o futuro do clube.

Com 22 anos de idade, Juninho deixou o Coritiba e firmou contrato com o Palmeiras até abril de 2022. Já Mayke, de 24 anos, chegou por empréstimo até o final de 2018 como parte do negócio que levou o atacante Rafael Marques em definitivo para o Cruzeiro – no fim do acordo, o clube alviverde tem a opção de adquirir o jogador.

“São dois atletas jovens e, ao mesmo tempo, já maduros, com experiência em grandes clubes do futebol brasileiro. O Palmeiras, mais uma vez, está partindo do princípio de cuidar não só do presente, mas também do futuro”, declarou o diretor, repetindo frase já usada pelo técnico Cuca.

Devidamente regularizados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, os dois reforços já podem estrear no confronto com a Chapecoense, marcado para as 19 horas (de Brasília) deste sábado, na Arena Condá. Juninho, inclusive, deve ser titular no time alternativo do técnico Cuca.

“Quero agradecer pela confiança. A gente sabe que os dois tinham outras possibilidades. Sejam muito bem-vindos. É um trabalho que começamos há dois anos e a gente vem pincelando aquilo que entendemos que precisamos de melhor”, declarou AMattos.

Depois de negociar os atacantes Rafael Marques e Alecsandro (Coritiba), Alexandre Mattos, a pedido do técnico Cuca, busca um reforço para o setor. Antes de passar a palavra a Juninho e Mayke, como de costume, ele entregou aos atletas um livro sobre a história do Palmeiras.

“Com certeza, vamos trabalhar para deixar esse livro mais grosso”, avisou. “Juntos, vamos conquistar coisas importantes. A única coisa que pedimos é que mantenham o profissionalismo e honrem bastante essa camisa. Podem ter certeza que vamos estar sempre juntos, também nos momentos ruins”, discursou.