Futebol/Brasileiro Série B

Luiz Antonio estreia, faz gol e garante vitória ao Bahia sobre o Luverdense

São Paulo, SP
23/07/2016 20:27:13

Em: Bahia, Brasileiro Série B, Futebol, Luverdense
Estreante Luiz Antonio deu um ótimo cartão de visitas neste sábado, marcando o gol da vitória para o Tricolor (Foto:  Felipe Oliveira/EC Bahia)
Estreante Luiz Antonio deu um ótimo cartão de visitas neste sábado, marcando o gol da vitória para o Tricolor (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

O Bahia recebeu o Luverdense na noite deste sábado, na Arena Fonte Nova, em partida válida pela 17ª rodada da Série B do Brasileirão. Após três partidas sem um resultado positivo, a equipe do técnico Guto Ferreira fez valer o mando de campo e venceu por 1 a 0, contando com um gol do estreante Luiz Antonio para voltar a somar três pontos e se manter na briga por uma vaga no G4 da competição nacional. Em oitavo lugar, o Esquadrão de Aço projeta fechar o primeiro turno com o pé direito e não deixar os líderes se distanciarem a duas rodadas do fim da primeira metade da Segundona.

A proposta do Luverdense era clara: primeiro se preocupar em defender e não levar gols para depois ir ao ataque. No entanto, foram justamente os visitantes quem chegaram com perigo pela primeira vez na partida. Logo aos oito minutos Tozin recebeu cruzamento pela direita, porém, cara a cara com o goleiro do Bahia, acabou mandando a bola para fora. Passado o susto, o Bahia se estabilizou e conseguiu impor seu ritmo de jogo.

Contando com Renato Cajá como principal peça de desafogo da equipe, o Tricolor obrigou o goleiro Diogo Silva a fazer algumas defesas importantes e em outras oportunidades contar com a sorte. Já na reta final do confronto, Cajá arriscou de longe, mas acabou vendo a bola carimbar a trave e sair pela linha de fundo. Aos 40 minutos foi a vez de Hernane Brocador tentar balançar as redes. O atacante dominou bonito e sem deixar a bola cair disparou de dentro da área, obrigando o goleiro do Luverdense a fazer uma ótima defesa.

Quanto mais o fim do primeiro tempo se aproximava, mais o Bahia mostrava que merecia ir ao intervalo, ao menos, com um gol de vantagem no placar. A insistência dos donos da casa surtiu efeito nos acréscimos, aos 47 minutos, quando Luiz Antonio aproveitou a sobra na entrada da área, matou no peito e sem deixar a bola cair soltou um petardo para estufar as redes na Arena Fonte Nova.

Diante da necessidade de correr atrás do prejuízo, o Luverdense voltou para o segundo tempo mostrando apetite. Com maior presença no ataque e imprimindo mais velocidade, principalmente nas laterais, a equipe mato-grossense conseguiu evitar o ímpeto do Bahia, algo que não aconteceu na etapa inicial. Aproveitando a pausa dos primeiros 45 minutos, o técnico Júnior Rocha viu sua proposta de jogo no segundo tempo ter mais êxito, porém ainda esbarrava na eficiência do ataque.

Nos minutos finais o Luverdense ainda tentou ensaiar uma pressão sob os donos da casa, no entanto, encontrou um adversário bem postado dentro de campo e que soube administrar a ligeira vantagem construída no fim do primeiro tempo. Diante da etapa complementar sem emoções, o Tricolor conseguiu assegurar os três pontos que o mantém próximo ao G4. Na oitava colocação, a equipe do técnico Guto Ferreira está a apenas cinco pontos da zona de classificação para a elite do futebol nacional.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 0 LUVERDENSE

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 23 de julho de 2016, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira e Michael Correia (RJ)
Público: 38.507 pagantes
Renda: R$ 2.513.051,50
Cartões amarelos: Éder e Renato Cajá (Bahia); Paulinho e Sérgio Mota (Luverdense)
Gols:
BAHIA: Luiz Antonio, aos 47 minutos do primeiro tempo

BAHIA: Muriel; Eduardo, Éder, Tiago e João Paulo; Feijão, Luiz Antonio, Juninho e Renato Cajá (Régis); Hernane e Allano 

Técnico: Guto Ferreira

LUVERDENSE: Diogo Silva; Raul Prata, Gabriel Valongo, Everton e Paulinho; Ricardo (Sérgio Mota), Moacir, Jean Patrick e Régis Souza (Hugo), Rogerinho (Douglas Baggio); Tozin
Técnico: Júnior Rocha