Futebol

Emocionado, Alex dá adeus ao Inter e lamenta situação do clube

São Paulo, SP
11/01/2017 19:28:03 — 11/01/2017 19:32:28

Em: Futebol, Internacional

Alex se despediu mais uma vez do Internacional nesta terça-feira, depois de completar oito anos dedicados ao clube, em sua segunda passagem. Em entrevista coletiva realizada no fim desta tarde, logo após postar uma mensagem aos fãs, o meia não conteve as lágrimas ao falar sobre o time colorado e ainda lamentou deixar a equipe em seu momento mais complicado da história, após o rebaixamento para o Campeonato Brasileiro Série B.

“A saída acaba sendo difícil, mas os ciclos acabam. O problema é o momento. Eu sinto pelo clube, pelo torcedor, não é pela minha carreira. É uma condição dessa em que acabamos não conseguindo deixar melhor”, apontou o jogador de 34 anos. “Fica a gratidão obviamente por vocês. Temos momentos de acertos e erros, mas sempre mantivemos um contato respeitoso, e agradeço a parceria de alguns que conheço desde a primeira passagem”, completou.

Leia mais:

 

Alto salário pode ser trunfo do Galo para contratar volante do Inter

Em reapresentação, Zago cita o Corinthians como exemplo para o Inter

Depois de oito anos em duas passagens Alex concede coletiva de despedida (Foto: Ricardo Duarte/ SCI)
Depois de oito anos em duas passagens Alex concede coletiva de despedida (Foto: Ricardo Duarte/ SCI)

Ao lado do presidente Marcelo Medeiros, que também agradeceu ao atleta, Alex foi homenageado recebendo uma camisa com o número 323 e a mensagem de “obrigado”. O número estampado faz referência a todas as partidas em que o meio-campista atuou pelo Gigante do Beira-Rio. Nesses 323 compromissos, entre 2004 e 2009 e 2013 e 2016, ele marcou mais de 50 gols e conquistou 12 títulos, entre eles, a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes de 2006.

Apesar da identificação com a torcida e dos anos vitoriosos com a camisa colorada, o jogador deixa Porto Alegre após amargar a queda para a Segundona. O Inter nunca havia sido rebaixado.

Além dos agradecimentos e de todo o carinho, Alex apontou que desejaria permanecer com o time gaúcho até a aposentadoria, mas não explicou os motivos de sua saída. Ele também declarou que ainda não é hora de deixar os gramados, embora também não tenha dado pistas sobre seu futuro.

“É difícil a despedida. Isso iria chegar em algum momento, pela aposentadoria, como seria um desejo, mas vivemos num mundo competitivo que precisa de resultado e mudança”, finalizou.