Futebol

Rogério Ceni tira promessa da Copinha para levá-la à Florida Cup

São Paulo, SP
02/01/2017 17:15:06 — 02/01/2017 17:37:30

Em: Campeonato Brasileiro Série A, Campeonato Paulista, Futebol, São Paulo

Shaylon, de 19 anos, estava prestes a estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior quando recebeu a notícia de que está fora da principal competição entre categorias da base do país. A causa, porém, não é nada ruim. O meia canhoto foi chamado por Rogério Ceni para integrar a equipe profissional nos Estados Unidos, onde o Tricolor participará da Florida Cup, torneio de pré-temporada.

“Fui pego de surpresa com a notícia (risos), e fiquei muito feliz com esta oportunidade. Quero aproveitar esta chance, porque o Rogério dará espaço para a base. Ele conversou com a gente, explicou a linha de trabalho dele e elogiou a nossa temporada na base, que foi muito boa. Também soubemos como será a viagem, como as coisas funcionarão e quero aproveitar esta oportunidade da melhor maneira possível”, contou o jogador.

Shaylon é armador, canhoto e costuma marcar muitos gols na base (Foto: Afonso Pastore/SPFC)
Shaylon é armador, canhoto e costuma marcar muitos gols na base (Foto: Afonso Pastore/SPFC)

Shaylon foi um dos grandes destaques da equipe Sub-20 do São Paulo em 2016. Campeão da Copa Libertadores, do campeonato Paulista e da Copa do Brasil, o atleta chamou atenção também pela fase artilheira. Na Copa do Brasil, por exemplo, Shaylon foi o artilheiro com seis gols.
“Eu não marcava muitos gols antes, mas desde a minha chegada (ao clube) e fui cobrado para entrar mais na área e ajudar os atacantes. Como meia, gosto de dar o passe e finalizar de fora da área, mas pouco a pouco ganhei confiança para jogar mais perto do gol. Meias também são cobrados para desempenhar esta função, e felizmente deu certo. Gosto de dar sequência ao jogo, dar passes e chegar na frente”, explicou o atleta, que chegou ao Centro de Treinamentos de Cotia em 2015.

A Florida Cup começa dia 15 e vai até o dia 21 de janeiro. O São Paulo estreia dia 19, já nas semifinais, e enfrentará o vencedor do duelo entre River Plate-ARG e Millonarios-COL. Será a primeira competição em que Rogério Ceni estará à frente do time como técnico, à beira do gramado.