Futebol/Mercado

Portuguesa acerta com polêmico goleiro Felipe, ex-Santos

Ana Paula Canhedo - São Paulo, SP - Brasil
08/05/2015 16:47:00

Em: Campeonato Brasileiro Série C, Futebol, Portuguesa, Região Sudeste

De olho na disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, a Portuguesa tem promovido uma série de reformulações no elenco, diretoria e comissão técnica. A mais nova contratação da Lusa tem um passado polêmico. Trata-se do goleiro Felipe, de 27 anos, revelado pelo Santos, clube no qual viveu momentos inesquecíveis, mas também protagonizou episódios questionáveis.

O arqueiro foi promovido ao profissional do Peixe em 2006 e foi campeão paulista com o elenco daquele ano, mas na condição de terceiro goleiro. No fim do ano foi pego no exame antidoping. Absolvido na temporada seguinte, despontou no profissional em 2008 e foi o titular da meta alvinegra em 2010, época em que foi campeão do Estado ao lado do craque Neymar.

No entanto, se envolveu em uma polêmica com torcedores durante uma transmissão de webcam de alguns jogadores do elenco. Chamado de “mão de alface” por um santista, Felipe respondeu no bate-papo com a frase: “seu salário é o que eu gasto com a ração do meu cachorro”.

Depois disso, perdeu a posição para Rafael Cabral e chegou a dizer que precisou de tratamento psicológico para aguentar a pressão e diminuir o arrependimento pela declaração. Nunca mais foi o mesmo embaixo das traves.

Deixou de ter vínculo em definitivo com o clube da Baixada Santista em 2013. Passou por Paraná, Portuguesa Santista, Avaí, Náutico e Fluminense. Não se destacou em nenhum.

Antes de assinar com a Lusa, Felipe deverá passar pelos exames médicos no clube, ao lado do também experiente zagueiro Bolívar, ex-Botafogo, e do volante Renan, com passagens pelo Cruzeiro, Atlético-PR e São Bento, de Sorocaba.

Felipe foi campeão paulista com o Santos em 2010 na condição de titular, mas acabou perdendo a posição para Rafael
Felipe foi campeão paulista com o Santos em 2010 na condição de titular, mas acabou perdendo a posição para Rafael – Credito: Divulgação/Santos FC

*Especial para a GE.Net