Futebol/Bastidores

David Luiz, Rodriguinho: Tite esclarece novidades e cita Diego, do Fla

São Paulo, SP
19/05/2017 15:00:10

Em: Bastidores, Copa do Mundo, Flamengo, Futebol, Futebol Internacional, Notícias, Seleção Brasileira

Diego Alves, David Luiz, Jemerson, Rodrigo Caio, Rafinha, Alex Sandro, Rodriguinho. São muitas as novidades, e tem mais, na convocação de Tite para a próxima data Fifa, onde a Seleção faz amistosos com Argentina e Austrália. Na coletiva concedida após anunciar os atletas, o técnico lembrou da importância da oportunidade que estes jogadores ganham.

“Oportunidades não só de convocação, mas de colocá-los em jogo. Porque uma avaliação de um profissional é de treinamentos, de sequência e de jogos também. É uma oportunidade que nós criamos de colocarmos os atletas para terem enfrentamento de alto nível”, disse Tite.

Tite exalta competitividade e lembra de Diego na coletiva à imprensa (Foto: Pedro Martins/MoWA Press)

Os jogadores que mais chamaram a atenção foram David Luiz e Rodriguinho. O primeiro, pela volta após o trauma de 2014: na Copa do Mundo da ocasião, o zagueiro foi considerado um dos vilões na vexatória derrota para a Alemanha, no Mineirão. Já o segundo desfruta de um cenário totalmente diferente, surpreendendo as expectativas ao ser convocado.

“Se o Bielsa estivesse aqui, ele iria falar que é um jogador polifuncional. Eu coloco de uma forma mais simples, jogador versátil. Ele deve ter mais de 20 jogos importantes, decisivos jogando como primeiro meio-campista. Ou como um defensor, assim como Rodrigo Caio é. Ele tem esta versatilidade de utilização. Campeão inglês, retomou o alto nível. Merece a convocação”, pontuou sobre David Luiz.

Em relação a Rodriguinho, além de elogiar o meia Tite ressaltou a competitividade da Seleção, a briga por um espaço na equipe.

“Rodriguinho, na apresentação, no jogo que nós tivemos, foi um dos destaques contra a Colômbia. Foi um dos destaques do Campeonato Paulista. Ele concorria com o Diego, e ia ser uma concorrência boa. Eu procuro sempre colocar e deixo isto muito claro. Os atletas devem concorrer com lealdade. Quanto mais nível técnico, olhe para o lado e vai ter mais atletas de alto nível jogando. E produzam mais. Só sejam leais. E compete a nós, enquanto comissão técnica, direcionar este trabalho. Mas que esta competição deva existir, ela eleva nível técnico”, afirmou o treinador.

Rafinha, lateral do Bayern de Munique que havia rejeitado um convite à Seleção tempos atrás, e Jemerson, zagueiro campeão pelo Monaco, também foram citados pelo comandante: “O Rafinha não tinha sido convocado, e a gente acrescenta, um jogador que tem 135 jogos, campeão alemão. Jemerson é campeão francês e semifinalista da Champions. Nós tivemos acompanhando in loco seu desempenho. Tem todas as credenciais para estar [entre os convocados]”, assegurou.

Alex Sandro é o único atleta que disputará a final da Liga dos Campeões  e foi chamado por Tite – os outros foram poupados. Tite, porém, destacou a boa fase do lateral esquerdo: “Fez todo um campeonato, e aí tenho números, defesa menos vazada. E está na final, fazendo uma grande Champions. À mercê de ser campeão italiano, [título] bem encaminhado, campeão da Copa da Itália, então o credencia”, finalizou.