Reportagens

Saiba quem é o palmeirense fanático que prega contra a violência ao posar com camisas de rivais para as lojas oficiais dos grandes clubes de São Paulo


Cubano Justo Navarro passa apenas um mês por ano com a família para ensinar arremessos e lançamentos no Brasil


O supervisor de futebol Leonardo Piffer guarda com orgulho seu primeiro holerite como funcionário da Sociedade Esportiva Palmeiras, datado de fevereiro de 1995. Atual integrante do departamento profissional, ele começou a trabalhar no clube de forma inusitada e atuou como gandula no jogo que garantiu o histórico título paulista de 1996.

O Palmeiras conquistou o título paulista de 1996 com uma vitória por 2 a 0 sobre o Santos, no dia 2 de junho. Vinte anos depois, com suas carreiras profissionais já encerradas, alguns dos protagonistas do feito se encontram ocasionalmente para atuar pelo time de masters.

José Carlos Brunoro foi o homem forte da bem-sucedida co-gestão estabelecida entre Palmeiras e Parmalat durante os anos 1990. Um dos responsáveis pela montagem do elenco campeão paulista em 1996, o executivo lamenta o fim precoce do time lembrado por marcar mais de 100 gols no Estadual.

Há 20 anos, o jovem goleiro Marcos, então reserva, viu Velloso, Cafu, Sandro, Cléber, Júnior, Amaral, Flávio Conceição, Djalminha, Rivaldo, Muller e Luizão brilharem no Campeonato Paulista 1996, conquistado sob o comando de Vanderlei Luxemburgo

As duas últimas edições do Campeonato Brasileiro não terminaram bem para o volante Gabriel. Rebaixado com o Botafogo em 2014 e vítima de grave lesão pelo Palmeiras em 2015, o jovem meio-campista espera finalmente ter motivos para comemorar ao fim do torneio nacional.



Para biógrafo Ruy Castro, Garrincha já era um ex-jogador na chegada ao Parque São Jorge

Renato, do São Paulo, exagerou na confiança ao prometer anular ponta-direita do Corinthians

Estreia apressada acabou em derrota por 3 a 0 e Garrincha encantado com a Fiel

Copa de 1966 em verde-amarelo foi grande motivação do velho craque na sua luta em preto e branco

Chegada do Mané ao Parque São Jorge teve bênção de pai de santo e agradecimento a Nossa Senhora Aparecida

Ponta-direita usou o que estava ao seu alcance – até aparelhos e pulinhos ridículos – na tentativa de entrar em forma no Corinthians

Garrincha jogou pouco no Corinthians, há 50 anos, mas foi abraçado pela Fiel e ajudou a transformar o clube do Parque São Jorge no Timão

A Ferroviária é a grande sensação do Campeonato Paulista. Após cinco rodadas, o time de Araraquara soma três vitórias, um empate e uma derrota, campanha que o deixa na primeira colocação do Grupo C, à frente do grande favorito na chave, o São Paulo. O sucesso recente, no entanto, não é por acaso e o […]










O dia 9 de janeiro de 2003 tentou garantir um pouco de equidade à comunidade negra do Brasil com a lei 10.639, que instituiu o Dia da Consciência Negra no calendário escolar nacional. Mais de uma década depois, porém, o País chega a um novo 20 de novembro ainda com muito a aprender e desconstruir. […]


Mais na web