Futebol/Brasileiro Série B

JEC marca na Ressacada e tira a invencibilidade do Avaí como mandante

São Paulo, SP
11/06/2016 18:09:31

Em: Avaí, Brasileiro Série B, Futebol, Joinville, Notícias
Carlos Alberto marcou o único gol da partida, que deu a vitória ao Joinville (Foto: Divulgação/JEC)
Carlos Alberto marcou o único gol da partida, que deu a vitória ao Joinville (Foto: Divulgação/JEC)

Neste sábado, em um clássico catarinense pela Série B, o Joinville desafiou a invencibilidade do Avaí na Ressacada. Pela primeira vez no campeonato o Leão da Ilha foi derrotado em casa, pelo placar de 1 a 0.

Vencer o jogo era prioridade, mas representava objetivos diferentes para as equipes. O time da casa, que até então tinha 100% de aproveitamento como mandante, buscava se aproximar do G4 mas, com a derrota, viu a meta ficar um pouco mais longe. Enquanto isso, para os visitantes, a vitória significou um afastamento da zona de rebaixamento.

O jogo – Nos momentos iniciais, o jogo ficou truncado no meio de campo. O Joinville tentou armar jogadas ofensivas, mas a zaga do Avaí, bem fechada, impossibilitou a aproximação do time visitante.

Aos 15 minutos, Carlos Alberto abriu o placar para o JEC. O atacante Cléo Silva fez bom uso de sua agilidade e venceu o marcador na corrida, cruzando para o meio da área. Gabriel Vasconcelos até tentou chutar, mas furou, e a bola sobrou para o meia, que mandou para o fundo do gol.

A vantagem no placar deixou a equipe visitante mais confiante e, aos 25 minutos, Paulinho Silva arriscou uma bomba, em lance perigoso. O goleiro Renan conseguiu espalmar e afastou o perigo para o Avaí.

Aos 29 minutos, o Leão da llha perdeu boa oportunidade de gol. Renato conseguiu entrar pela direita e cruzou para Romarinho, que não conseguiu chegar a tempo.

O Avaí teve muita dificuldade em furar a zaga do JEC, não conseguindo dar sequência às bolas. O Joinville, por outro lado, aproveitou melhor as poucas oportunidades e apostou nos contra-ataques. As duas equipes voltaram do intervalo mais atentas, tocando mais a bola e pressionando mais no ataque.

No segundo tempo o Avaí tentou reagir. Aos 16 minutos, Lucas de Sá arriscou um chute de fora da área, que saiu pela linha de fundo.

Bolas longas também marcaram a segunda etapa, a qual as equipes disputaram com um aparente desespero. Com dificuldade em dominar e passar, ambos os lados desperdiçaram a posse.

Sem gols ou lances perigosos na segunda metade, o Joinville assegurou os três pontos e ocupa, provisoriamente, a 14ª colocação da tabela. Já o Avaí desceu uma posição e, agora, ocupa o 11º lugar.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 0 x 1 JOINVILLE

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 11 de junho de 2016, sábado
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
Cartões amarelos: Diego, Everton Silva, Cléo Silva, Oliveira (Joinville); Braga, Renato (Avaí)
Gol:
JOINVILLE: Carlos Alberto aos 15 minutos do primeiro tempo

AVAÍ: Renan; Renato, André Santos, Gabriel e João Paulo; Jajá (Braga), Lucas de Sá (Lucas Coelho) e Tauã; Romarinho, William e Tatá (Iury)
Técnico: Silas

JOINVILLE: Oliveira; Everton Silva, Ligger, Bruno Aguiar (Rafael Donato) e Diego; Naldo, Paulinho Dias, Pereira (Fernando Viana) e Carlos Alberto; Gabriel Vasconcelos (Diones) e Cléo Silva
Técnico: Hemerson Maria