Futebol/Copa do Brasil

Cruzeiro supera Chapecoense e sai na frente na Copa do Brasil

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte, MG
03/05/2017 23:49:56

Em: Campeonato Copa do Brasil, Chapecoense, Cruzeiro, Futebol

O Cruzeiro saiu na frente da Chapecoense, na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, com vitória magra por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, no Mineirão. O jogo de volta acontece no dia 1° de junho, na Arena Condá.

O Cruzeiro abriu o placar logo aos dois minutos de jogo, com um belo chute do jovem Raniel, que marcou seu primeiro gol com profissional. Depois, a Raposa dominou o jogo em vários momentos, não levou sustos, e apenas administrou o resultado até o fim. Pensando no clássico contra o Atlético-MG, no domingo, Mano mandou para o jogo vários reservas.

O time de Mano Menezes agora volta suas atenções para o clássico contra o Galo, no domingo, no Independência, na partida de volta das finais do Campeonato Mineiro. A Raposa precisa vencer para ficar com a taça estadual.

Raniel fez o gol cruzeirense (Foto: Washington Alves/Cruzeiro)

Primeiro tempo

O Cruzeiro não esperou muito para decidir a partida. Mesmo com uma formação alternativa, um reserva não demorou para mostrar serviço para o técnico Mano Menezes. Logo aos 2 minutos, Raniel recebeu a bola próxima à área, virou e colocou a bola no ângulo. O tento marcou o primeiro gol do garoto como profissional.

Após o gol, a Raposa seguiu melhor. O time dominava melhor as ações do jogo e trocava passes no meio-campo, em busca das melhores chances. A Chape, por sua vez, marcava atrás da linha da bola, e tentava sair em velocidade, principalmente com Apodi.

Depois dos 25 minutos, o time visitante passou a querer mais o domínio do jogo e passou a marcar mais forte, não dando tantas oportunidades ao Cruzeiro.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o jogo perdeu em qualidade. As duas equipes pararam de jogar, os catarinenses perdiam o meio-campo e a Raposa também aguardava as melhores chances.

Diante de um jogo tão ruim, os treinadores decidiram fazer alterações. O técnico Mano Menezes mandou Rafael Sóbis e Rafinha para o gramado. Já Vagner Mancini decidiu colocar fogo em seu time, com Wellington Paulista.

As substituições surtiram mais efeito na Chape. O Cruzeiro seguia fazendo uma partida pouco inspirada, com pouca criatividade e poucas chances. O time visitante, por sua vez, conseguia ficar mais com a bola e tentava algo, apesar de conseguir pouco. Assim, o gol de empate não veio e os mineiros saíram em vantagem no confronto.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 0 CHAPECOENSE

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 03 de maio de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Cartões Amarelos: Dedé (Cruzeiro); Fabrício Bruno, Andrei Girotto, Wellington Paulista (Chapecoense)
Gol: CRUZEIRO: Raniel, aos 2 minutos do primeiro tempo

CRUZEIRO: Rafael; Lennon, Dedé, Caicedo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Silva (Hudson), Thiago Neves (Rafinha) e Alisson; Arrascaeta e Raniel.
Técnico: Mano Menezes

CHAPECOENSE: Elias, Apodi, Victor Ramos, Fabrício Bruno, Diego Renan, Andrei Girotto, Nathan, Nenén, Niltinho, Osman, Túlio de Melo (Wellington Paulista).
Técnico: Vagner Mancini