Futebol/Brasileiro Série B

Em jogo movimentado, Bahia e Náutico empatam sem gols na Fonte Nova

São Paulo, SP
31/05/2016 21:14:32 — 31/05/2016 21:20:24

Em: Bahia, Campeonato Brasileiro Série B, Futebol, Náutico
Bahia e Náutico tiveram chances, mas não conseguiram balançar as redes (Foto: Felipe Oliveira/E.C. Bahia)
Bahia e Náutico tiveram chances, mas não conseguiram balançar as redes (Foto: Felipe Oliveira/E.C. Bahia)

 

Bahia e Náutico fizeram um jogo movimentado nesta terça-feira, na Fonte Nova, em partida válida pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar das chances criadas pelas duas equipes, o jogo não teve gols e terminou empatado em 0 a 0.

Com o resultado, o Tricolor de Aço chegou a oito pontos e subiu uma posição na tabela, aparecendo em quinto lugar. O Timbu também subiu uma posição e ocupa a sétima colocação. Na próxima sexta-feira, o Bahia recebe o Paysandu, enquanto o Náutico recebe o Joinville.

O jogo – Os donos da casa começaram melhor na partida e logo com cinco minutos tiveram a primeira chance. Juninho lançou para Edgar Junio, que saiu cara a cara com Júlio César, porém o atacante se enrolou com a bola e permitiu que o goleiro fizesse a intervenção. Os visitantes responderam aos 11 minutos. Maylson lançou para Rony, que avançou sozinho em direção à área, mas falhou na finalização e mandou para fora.

A partir daí só deu Bahia. Aos 24, Renato Cajá finalizou e obrigou Júlio César a fazer uma defesa difícil. Aos 28, Juninho bateu falta e o goleiro do Náutico defendeu novamente. Na sequência, o mesmo Juninho arriscou de longe para outra defesa de Júlio César. O arqueiro do Timbu ainda viria a trabalhar em mais um chute de longa distância de Juninho, aos 34 minutos. Aos 37, Cajá invadiu a área, driblou Júlio César, mas ficou sem ângulo e acertou a trave.

O Bahia voltou para o segundo tempo com o mesmo ritmo da etapa inicial e por pouco não abriu o placar aos seis minutos. Tinga cobrou lateral para a área e Luisinho ajeitou para Hernane, que bateu de primeira, mas mandou à direita de Júlio César. O Náutico respondeu com Matheus Muller, aos 13 minutos, mas a bola saiu ao lado do gol de Marcelo Lomba. Aos 15, Renan Oliveira quase fez um golaço em chute forte da intermediária.

O Náutico melhorou consideravelmente no jogo e passou a levar perigo à meta defendida por Lomba. Aos 21, após contra-ataque rápido, Rafael Coelho recebeu livre na área, mas falhou no momento da finalização, mandando por cima. Nos minutos finais, o Bahia retomou o controle das ações e voltou a assustar. Aos 32, Luisinho completou cruzamento de João Paulo, mas Júlio César defendeu. Aos 35, Juninho acertou o travessão em cobrança de falta e Luisinho pegou o rebote, mas mandou para fora sem goleiro. O jogo terminou sem gols.

FICHA TÉCNICA:                                                                            
BAHIA 0 x 0 NÁUTICO                                                                                                          

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 31 de maio de 2016, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Daniel Vidal Pimentel (SE)
Público: 8.662 pagantes
Renda: R$ 127.564,50
Cartões amarelos: João Paulo (Bahia); Joazi, Bergson, Rafael Coelho e Júlio César (Náutico)

BAHIA: Marcelo Lomba; Tinga, Éder, Jackson e João Paulo; Feijão (Danilo Pires), Juninho, Luisinho e Renato Cajá (Zé Roberto); Edgar Junio (Henrique) e Hernane
Técnico: Doriva

NÁUTICO: Julio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Mateus Muller; Gaston, Maylson (Hélder) e Bergson (Renan Oliveira); Rony, Jefferson Nem (Taiberson) e Rafael Coelho.
Técnico: Alexandre Gallo