Futebol/ Campeonato Brasileiro Série A

Santa Cruz segura Chapecoense fora e continua líder do Brasileiro

São Paulo, SP
28/05/2016 22:55:07 — 28/05/2016 23:06:32

Em: Campeonato Brasileiro Série A, Chapecoense, Futebol, Santa Cruz

Chapecoense e Santa Cruz seguem invictos no Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, as duas equipes se enfrentaram na Arena Condá, em Santa Catarina, em duelo válido pela quarta rodada da principal competição nacional, e empataram por 1 a 1. O atacante Arthur marcou para os visitantes ainda no primeiro tempo, enquanto Lucas Gomes deixou tudo igual na reta final da segunda etapa.

O Tricolor do Arruda mostrou que também sabe jogar fora de casa e fez uma partida inteligente diante do Verdão do Oeste. Com os 11 jogadores dispostos em campo de maneira bem compacta, o time de Recife segurou a pressão desordenada dos mandantes e aproveitou os espaços para contra-atacar. Foi dessa forma que Arthur recebeu belo cruzamento de Keno para testar e anotar o gol do atual campeão pernambucano.

No entanto, quando parecia perdida em campo, a Chapecoense chegou ao empate também através de uma jogada aérea. Lucas Gomes se antecipou ao lateral Tiago Costa e empurrou para as redes aos 38 do segundo tempo.

Com o resultado, o Santa Cruz chega aos oito pontos e mantém a surpreendente liderança da principal competição do País, embora com chances de ser ultrapassado por Grêmio, Internacional e Palmeiras neste domingo. A Chapecoense, por sua vez,  permanece na quinta colocação, com seis pontos.

O Tricolor voltará a campo na próxima quarta-feira, às 21 horas (de Brasília), quando faz o clássico com o Sport, no Arruda, pela quinta rodada. Já a equipe catarinense buscará a recuperação diante do Coritiba, fora de casa, no mesmo dia e horário.

O jogo – Aproveitando o apoio de sua torcida, a Chapecoense começou a partida empurrando o Santa Cruz para o campo de defesa. Com a marcação adiantada, os mandantes utilizaram a velocidade pelas pontas na tentativa de inaugurar o marcador na Arena Condá. Aos dez minutos de jogo, Kempes subiu mais alto que todo mundo após cobrança de escanteio e cabeceou, a bola quicou ao lado do goleiro Tiago Cardoso e por pouco Silvinho não empurrou para as redes.

O Verdão do Oeste continuou em ritmo intenso, mas não conseguia criar chances claras de gol, enquanto o time pernambucano chegava com perigo nos contra-ataques. A boa organização do Tricolor do Arruda foi premiada aos 37: Keno recebeu na esquerda e cruzou na medida para que o atacante Arthur subisse e testasse no cantinho. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.

A Chapecoense, então, passou a atacar de maneira desorganizada em busca do empate e não encontrou espaços diante de um fechado Santa Cruz, que manteve a vantagem no placar até o intervalo mesmo com um apagado Grafite.

Na busca pelo empate, o técnico Guto Ferreira promoveu as entradas de Gimenez e Bruno Rangel nos lugares de Claudio Winck e Kempes, respectivamente. No entanto, quem quase chegou ao gol foi o campeão pernambucano. Após bom contra-ataque de João Paulo, Wallyson recebeu na direita, limpou a jogada, mas chutou mal para a defesa de Danilo. Logo em seguida, os donos da casa responderam com Silvinho, que passou por Alemão na esquerda e arrematou na rede pelo lado de fora.

A pressão do Verdão do Oeste quase surtiu efeito aos 15 minutos, quando Cléber Santana cobrou falta na cabeça de Josimar, que cabeceou no travessão. No entanto, os mandantes chegaram ao empate quando pareciam mais perdidos. Aos 38, Lucas Gomes recebeu cruzamento da esquerda, se antecipou ao lateral Tiago Costa e empurrou para o gol. Antes de entrar, a bola bateu nas costas do jogador do Santa.

A Chapecoense continuou exercendo pressão, mas perdeu as oportunidades que teve para a virada, mas ao menos evitou a derrota em seus domínios.

 

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1 X 1 SANTA CRUZ

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC) 
Data: 28 de maio de 2016, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Pedro Martinelli Christino (PR) e André Luiz Severo (PR)
Cartões amarelos: Cléber Santana (Chapecoense); Keno, Wallyson , Tiago Costa e Grafite (Santa Cruz)
Cartões vermelhos:

GOLS:  

Santa Cruz: Arthur, aos 37 minutos do primeiro tempo
Chapecoense: Lucas Gomes, aos 38 minutos do segundo tempo

CHAPECOENSE: Danilo; Claudio Winck (Gimenez), Marcelo, William Thiego e Dener; Josimar (Hyoran); Gil, Cléber Santana, Lucas Gomes e Silvinho; Kempes (Bruno Rangel)
Técnico: Guto Ferreira

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Léo Moura (Everaldo), Alemão, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, João Paulo, Wallyson (Alex Bolaño) e Arthur; Keno (Allan) e Grafite
Técnico: 
Milton Mendes